Birras – Gerir em 7 Passos

Birras – Veja como pode lidar com as birras que as crianças exibem a partir dos 3/4 anos de idade.

A persistência, a paciência, o afecto e tempo, muito tempo, podem ser os principais trunfos que os pais devem dominar e fazer uso disciplinado para lidar eficazmente com as famosas birras dos filhos.

O psicoterapeuta Vasco Catarino Soares (Clínica INSIGHT-Psicologia e Birras.pt) deixa aqui neste vídeo algumas pistas sobre como superar as birras. E estas são válidas para fases avançadas  das birras e para quem quer lidar com o problema quando este começa a surgir, nas suas fases iniciais.

O melhor que tem a fazer para evitar as teimas frequentes é começar cedo a criar hábitos saudáveis. Sabemos hoje que as birras vão sempre surgir – não se engane achando que não vai acontecer com o seu filho. Elas fazem parte do desenvolvimento normal de uma criança.

A disciplina é importante, desde que aplicada com justiça e tendo em conta a fase de desenvolvimento da criança. No entanto, as regras só fazem sentido quando a relação é marcada pela afectividade.

 

Birras – Atitude Certa

Amar, brincar e valorizar são as três premissas que todos os pais devem utilizar na sua relação com os filhos. Sentido-se valorizados (não pela birras, mas pelas coisas positivas que a criança fizer) verificam que a birra é desnecessária como modo de obter atenção.

 

Birras – Atitude Errada

Chantagear ou ameaçar a criança é o comportamento a evitar. Frases como: “És um bebé chorão” ou “O teu primo porta-se melhor que tu”, só levam ao sentimento de humilhação e agudizam a birra.

O Dr. Vasco Catarino Soares, psicólogo clínico e ludoterapeuta, deixa-lhe aqui 7 indicadores de como lidar com as birras, por forma a que mais tarde não venha ter que se confrontar com problemas ainda mais complicados.

 

 

marcar.consulta

 

 

 

moradas1

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *